Série Outlander - A Viajante no Tempo

06 junho



Mais um livro que eu compro pela capa e acerto no alvo!!
Tudo começa no fim da Segunda Guerra Mundial, Claire e Frank Randall após seis anos separados pela guerra viajam para Inverness na Escócia para uma segunda lua de mel. Claire é uma enfermeira que serviu na Guerra e após presenciar todos os horrores possíveis, procura um novo hobbie para se dedicar e procurar esquecer todo o horror. Uma personagem forte, decidida e muito a frente de sua época. Frank é um historiador que serviu na área estratégica da guerra, tomando decisões sobre o ruma das tropas, é um homem introspectivo que procura esquecer o peso da culpa pelas decisões erradas tomadas na guerra.
A viagem à Inverness serve para que os dois se reaproximem novamente, mas também, para que Frank procure informações sobre seus antepassados, principalmente sobre seu homônimo Frank Randall, mais conhecido como "Black Jack".Contudo tudo muda quando eles vão, escondidos, presenciar um antigo ritual de mulheres no Circulo de Pedra Craig de Dun, e Claire, dias depois ao encostar as mãos na pedra é transportada para outro lugar e após ser cercada por soldados do exército inglês, percebe que em outro século também.
outlander a viajante do tempo resenha serie 1
Toda a história se passa com a Claire tentando se adaptar e sobreviver no ano 1743, um ano onde os Jacobitas batalham para que o Rei Stuart retorne ao trono e em meio às intrigas e perigos de uma escócia dominadas por clãs, ela conhece um jovem chamado Jamie. Para mim é ai que a história começa.Jamie é um jovem escocês (lindo) que procura seu lugar no mundo, o que mais gosto do personagem é sua personalidade marcante e seus valores éticos e morais. Mas já aviso: é impossível não se apaixonar por ele!!
outlander a viajante do tempo resenha serie 2
Todos os acontecimentos são baseados em fatos reais e históricos, como o final da era dos clãs da Escócia e o início da Batalha de Culloren, desta forma eu me vi obrigada a pesquisar mais sobre a história da Escócia, e descobri que após a Escócia perder a batalha para a Inglaterra, ficou proibido por 100 anos o uso do Kilt (aquela saia dos homens), e eles são narrados através das dificuldades e superações de Claire, assim como os costumes da época, tão diferentes do mundo moderno, são narrados conforme Claire aprende a viver neles.
O livro detalha muito bem os lugares e te transporta para eles, os personagens são muitos inteligentes e você se apega rapidamente quando você menos espera está dentro da história e torcendo para cada personagem, principalmente ao Jamie, com quem Claire se vê obrigada a casar para garantir que não seja morta pelo antepassado do seu "futuro" marido, "Black Jack".
Outlander
São 800 páginas que não sentimos passar, quanto mais lemos mais queremos ler, durante o dia me pegava pensando nos costumes, nos lugares e nos personagens e SENTIA SAUDADE de tudo isso!!!!
E para quem se assustar com a quantidade de páginas, já esta no ar a série, por mais que não tenha a riqueza de detalhes do livro consegue transmitir as emoções e nos ajudar a imaginar como era os lugares e as pessoas.

You Might Also Like

0 comentários